Sejam todos bem-vindos ao Conhecimento Provisório!


 
InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sab Nov 12, 2011 9:42 am

O problema da água aquecida ou distilada com fogão eléctrico já foi respondido. No entanto direi novamente que podem usar a energia eléctrica para aquecer a água ou mesmo distilar desde que depois dêem a intençãoem conjunto com um estado espiritual e emocional genuino e em consonancia com a intenção.

Reiki é uma projecção de intenção que só funciona se acompanhada dos mesmos requisitos que a carga do Ormus tem. Portanto uma projecção Reiki e uma carga/intenção/emoção/espiritualidade são equivalentes. É como olhar a mesma imagem de outro angulo. Parece diferente mas o que se vê é o mesmo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Silva




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sab Nov 12, 2011 12:53 pm

Foi compreendido o que vc colocou Carlos. Então pode usar mas não é o ideal,certo.
Você fez a seguinte colocação: " [quote="Carlos Ferreira"]O problema da água aquecida ou distilada com fogão eléctrico já foi respondido. No entanto direi novamente que podem usar a energia eléctrica para aquecer a água ou mesmo distilar desde que depois dêem a intençãoem conjunto com um estado espiritual e emocional genuino e em consonancia com a intenção" .
E com a água de fonte natural ( DE POÇO ) que não foi destilada com o destilador elétrico e conseguentemente não foi afetada por nenhum campo eletromagnético segue o mesmo procedimento de dar intenção em conjunto com um estado espiritual e emocional genuíno e em consonância com a intenção?
Muita paz e luz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sab Nov 12, 2011 3:57 pm

a intenção é fundamental. Deve-se dar carga e intenção sempre que se faça Ormus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Nov 13, 2011 7:25 am

Prezados colegas e amigos!
Conforme falei fiz uma pequena dissertaçao sobre o uso da Intençao e da Carga no Ormus (que tem importancia vital no processo, como nos lembra o estimado amigo Carlos). Gostaria de adiantar que este é o processo que eu utiliza e talvez para alguns possa parecer muito longo e cheio de detalhes, mas é fruto de muitas conversas com o amigo Carlos e pesquisas em antigos livros de Alquimia (e não podemos esquecer que o trabalho com Ormus esta diretamente afinado com o trabalho da Grande Obra e na verdade como o amigo Carlos já colocou aqui, é um dos primeiros passos para o trabalho maior.
Muito bem na mensagem a seguir vou colar o manuscrito diretamente no corpo da mensagem, pois nao sei como anexar arquivos aqui, mas se alguem quiser o arquivo a parte é só me pedir com o email que eu eviarei com prazer.
Bom trabalho a todos e muita Luz para todos nos!
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Nov 13, 2011 7:27 am

Intenção, Carga. estado Espiritual e Emocional ao preparar Ormus

Neste pequeno e descompromissado artigo pretendo abordar os temas da Intenção, o Carregamento e o Estado Espiritual e Emocional do operador ao preparar o Ormus pelo procedimento básico de água do mar ou água de fonte, poço mais sal.

Gostaria de ressaltar que estes procedimentos são os que eu uso normalmente e de certa forma podem parecer exagerados ou não ortodoxos, mas na minha pratica tenho comprovado que seguindo estrictamente estes passos, tenho obtido um Ormus de excelente qualidade.

Gostaria também de esclarecer que estes procedimentos são grandemente inspirados pelo estimado amigo Carlos Ferreira, que muito me honra com sua amizade e conselhos, alem de pesquisas em livros de Alquimia, bem como são resultado também da minha pratica do dia a dia como Terapeuta Naturalista, onde tenho oportunidade de aplicar muitos destes princípios.

Com estes prolegomenos, vamos então aos procedimentos propriamente ditos.


DA PREPARAÇAO ANTES DA COLETA DA AGUA

A água é o liquido da vida, mais de 60% da terra, e composta por água e líquidos. O mesmo acontece com o nosso corpo.
“Como encima, assim é embaixo” A Tábua Esmeralda – Hermes Trimegistos”

Já foi demonstrado que a água é um meio com capacidade de gravar todos os pensamentos e emoções. (ver as experiências de Prof. Emoto), por isso acredito que, devemos desde o momento de fazer a coleta da água, estar imbuídos de positividade e boas intenções. Normalmente gosto de fazer uma prece particular (cada um pode usar a sua, seja crista, budista, ou qualquer outra), colocando uma emoção positiva nesta oração ou prece.

DURANTE A COLETA DA AGUA

No momento da coleta (a qual prefiro fazer a noite, e se possível noite sem lua), agradeço ao espírito da terra e da água pela dádiva do precioso liquido e ao mesmo tempo reafirmo mentalmente que essa água será usada para o bem maior e para beneficio de muitos.
A água vai para um recipiente de plástico de 20 litros, o qual posteriormente coloco dentro de sacos plásticos pretos. Se vou trabalhar na fazenda, tenho um local apropriado (é um cômodo ventilado, mas independente da casa principal, com três grandes armários de metal, um para guardar a água, outro para guardar os utensílios de uso e um terceiro menor para guardar os produtos químicos. Se for trabalhar em casa na cidade, tenho um local também semelhante, na garagem para tal fim. De qualquer forma os dois locais são protegidos de qualquer interferência eletromagnética e olhares indiscretos. Também tomei a precaução de analisar os locais radiestesicamente para verificar que não haja interferências geomagnéticas no solo.
Tanto a água do meu poço particular, como de uma fonte perto da minha casa na cidade foram analisadas em laboratório apresentando excelente qualidade para consumo e com um ph entre 7,5 e 8,0.

DO INICIO DOS TRABALHOS
A preparação da água com o sal (evidentemente se for água do mar, pulamos este passo).

Normalmente gosto de fazer todas as operações à noite (e preferencialmente noite sem lua), isto torna o procedimento mais demorado, mas gosto de trabalhar a maneira dos velhos alquimistas, principalmente para entrar no “clima” e afinar o meu emocional com o trabalho da Obra.
Já a partir desta fase costumo usar uma vestimenta apropriada à moda dos antigos alquimistas (se estiver na fazenda uso esta roupa especial, que uso somente para isso, desde a coleta, mas se estiver na cidade evidentemente uso a roupa, somente quando da preparação, em casa para evitar constrangimentos e perguntas indiscretas).

NOTA. Esta vestimenta consiste num blusão que cobre meu corpo todo com mangas compridas e com capuz (a cor é um marrom escuro), assemelhasse muito a roupa dos antigos alquimistas ou de monges. È muito importante também que durante toda a operação o capuz esteja por cima da cabeça, desta forma estaremos focando totalmente a atenção no procedimento e evitaremos interferências indesejáveis, existe outra razão, mais ligada a alquimia e as tradições herméticas, o importante neste momento é focar totalmente a intenção na Obra e evitar distrações, mas posso dizer também que este tipo de vestimenta, a cor, o formato e especialmente o capuz sobre a cabeça, protegem o operador de interferências etéreas ou astrais, alem de “afinar” o operador com a egregora dos antigos alquimistas.

Faço uma nova oração (você pode fazer a oração ou prece de sua preferência), agradeço ao criador a oportunidade de participar da Obra e espero, em sinal de reverencia, um sinal para iniciar a operação (no meu caso especifico esse sinal aparece como um arrepio na espinha que me indica que a operação esta “liberada” pelo alto para iniciar, mas pode ser qualquer sinal ou aquela certeza no seu intimo que a operação esta em consonância com o BEM.

DURANTE OS TRABALHOS INTERMEDIARIOS

Durante todo o resto da operação, em todas as etapas, como coar, precipitar, lavar, etc,, procuro estar focado somente na operação, sem musicas nem distrações e com o capuz por cima da cabeça, em atitude de reverencia. Também durante o preparo vou “carregando” o preparado, com emoções positivas e a emoção alegre de estar fazendo um trabalho para o BEM maior e ajuda de outros.

Entre uma operação e outra (ou entre uma noite e outra), o preparado, seja qual for a fase, recebe toda a minha atenção, como se fosse a gestação de um novo ser, que deve ser tratado com delicadeza e devoção, mas com a alegre expectativa do nascimento (o final do preparado).

A FINALIZAÇAO DO PROCEDIMENTO (INFUSAO DA INTENÇAO)

Ao finalizar o preparado e antes de fechar hermeticamente o frasco de aço inox, preparado para receber o Ormus, elevo o preparado ao céu (sempre a noite), agradeço ao altíssimo pela oportunidade de mais este trabalho e nesse momento infundo a intenção. Se o Ormus vai para algum paciente em especial, com algum problema especifico a intenção de melhoria é infundida através de uma concentração forte com um forte componente emocional, (o tempo dessa intenção normalmente é dado pelo meu intimo, e varia de caso para caso, mas normalmente sinto uma sensação de completude dentro de mim, quando já foi suficiente).
Se o Ormus se destina ao meu consumo ou para alguma pessoa em geral sem problemas específicos a intenção se centra em boa saúde, harmonia e bem estar em geral.

NA TOMADA DO ORMUS

Se eu mesmo for tomar o Ormus, agradeço novamente ao Altíssimo e procuro entrar num estado de alegria e bem estar antes de tomar. O mesmo procedimento deve ser recomendado a pessoa que vai tomar o Ormus, se a situação for difícil, por doença grave, procuro, brincar ou até contar casos alegres, para infundir um estado de alegria no paciente antes de tomar o Ormus.
NOTA! Isso é muito importante, não podemos esquecer que a água (é o Ormus é na sua maioria água, com “algo” mais), grava tudo é pode se impregnar facilmente de pensamentos dissonantes e inarmônicos.

RESUMINDO

Trabalhe sempre com o espírito alegre, de quem esta fazendo o trabalho do BEM, e agradeça ao Deus de seu coração e sua compreensão pela oportunidade de estar trabalhando na Grande Obra.

QUE O AMOR E A LUZ, ESTEJAM SEMPRE CONOSCO!

“Sorria, você esta sendo amado” (frase na traseira de um caminhão – autor desconhecido)

Rafael


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Seg Nov 14, 2011 11:04 am

Faço notar aos confrades e amigos que a enfase dada pelo nosso estimado Rafael ao aspecto do uso de um capuz, de preferencia de cor do marron ao violeta é de grande importancia para todos os praticantes da arte, especialmente para os que agora se estão a iniciar porque há uma necessidade absoluta de concentração mental e paz espiritual durante todo o processo. Com muito tempo e muita prática é possível, em caso de necessidade, dispensar o capuz mas para isso o praticante deve já ter chegado à fase em que mentalmente consegue criar uma barreira que exclui todos os sons e influencias ambientes. Essa capacidade leva vários anos a adquirir pelo que os iniciados se devem abster de tentar este procedimento sob pena de terem um produto muito incerto no final do seu trabalho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Tabela periódica...    Qua Nov 16, 2011 3:42 pm

Aproveitando aquele post que fiz na semana passada, todos os elementos monoatômicos ou diatômicos estão entre os chamados metais de transição?

Carlos disse que iria se ater aos elementos que estão presentes no mar. Oficialmente ou oficiosamente ele tem notícias de mais quantos já descobertos?

As estruturas dos átomos são restritas a monoatômicas e diatômicas, ou há outras estruturas com propriedades tão extraordinárias como as já citadas?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qua Nov 16, 2011 4:22 pm

Todos os gases sãp estruturas mono ou diatomicas. No caso do ozono, que é um aglomerado de átomos de oxigénio que são formados mediante as condições de temperatura, temos ajuntamentos diatomicos, Ozono 2, e também temos Ozono com 3, 4, 6 e 12 átomos. depois do primeiro conjunto diatomico de dois atomos de oxigénio passamos a ter moléculas de Ozono. O que faz com que um átomo seja monoatomico é o facto de devido a ter os electrões emparelhados deixa de poder ligar-se quimicamente a outros átomos do mesmo tipo. No caso do oxigenio temos uma situação em que esse elemento tem uma necessidade absoluta de se ligar a outros átomos formando moléculas do mais variado tipo. E ainda bé que assim é porque se não se ligasse tão fácilmente teríamos um mundo estéril devido à abundancia de radicais livres. No que respeita aos elementos Ormus é preciso esclarecer que só os que estão clasificados como elementos de transição é que apresentam as caracteristicas de criarem um Campo de Meissener quando no estado de alta rotação e por isso são únicos no que repeita aos seu efeitos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Ormus da água marinha   Qua Nov 16, 2011 8:51 pm

Prezado Carlos, sepuder, poderia rememorar as principais utilizações de cada um dos onze elementos encontrados na água marinha.

Muito obrigado!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Nov 17, 2011 7:31 am

Carlos, fiz a lição de casa. Pesquisei todo fórum suas informações anteriores, então vou sintetizar aqui e você acrescenta o que achar pertinente.

O ouro e a prata tem uma função diferente da dos outros elementos. Estes dois elementos funcionam a nível cerebral e espiritual. São por isso chamados como a fonte da perspicacia e sabedoria e da espiritualidade. Não há relatos de "curas" relacionadas com nenhum desses dois elementos.

Na área de reposição da saúde os elementos mais importantes são o Ródio, o Rutênio, o Paládio e a Platina.
O Irídio e o Ósmio funcionam mais na area da auto confiança. A levitação é um atributo exclusivo do Ródio.

=======================================

Informação adicional (extraída de outra fonte, sujeita a confirmação):

"Sabe-se que tanto o irídio como o ródio têm propriedades rejuvenescedoras, enquanto compostos de rutênio e platina interagem com o DNA e o corpo celular. Também se sabe que o ouro e os metais platínicos, em seu estado monoatômico (átomos simples) de alto spin, podem ativar o sistema glandular endócrino de modo que eleva a percepção e a capacidade a níveis extraordinários."

Metais platínicos: Rutênio, Ósmio, Ródio, Irídio, Paládio, Platina.

=======================================

Alguns elementos como o níquel, cobalto e cobre fiquei sem saber para que servem. Mas tudo no Universo tem uma finalidade... humm... quase tudo! Sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Nov 17, 2011 7:56 am

A prata, para além dos efeitos citados pelo amigo Robson também tem uma elevada capacidade antibiotica. O cobre tem acção rejuvescedora em especial no que respeita ao cabelo e unhas. quanto ao niauel e cobalto ambos apresentam um bom indice de capacidade de inibição das inflamações.
O meu amigo fêz a sua pesquiza e fez muito bem, porque em inglês há toda a informação do mundo no que se refere ao Ormus e a tudo o mais. É por essa razão que este forum tem a sua utilidade já que aqui falamos Português. Eu e o amigo Rafael estamos a traduzir todo o site de Barry Carter, com autorizaçãp dele, afim de desta forma haver uma basesde dados exaustiva em Português e Espanhol. Vai levar tempo mas dentro de uns meses teremos o site "ORMUS--ENERGIAS SUBTIS" para todo o mundo poder aceder.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Outro elemento ORME   Qui Nov 17, 2011 8:04 am

Além dos 11 fantásticos elementos ORME encontrados na água do mar, aviso ao amigo Paulo que o Mercúrio (Hg) também já foi encontrado na condição ORME por um pesquisador. Agora, para manipular mercúrio, excede a capacidade de nós pobres mortais, com raras excecões. Aquilo no estado metálico é tóxico como só ele... para manipular ouro metálico é aquela odisséia, imagine para manipular mercúrio... hehehehehe

Surprised

Em tempo, o mercúrio ORME não existe na água do mar. E para obter esse mercúrio ORME ele deve ter alguma utilidade que valha a nova odisséia, não é mesmo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Nov 17, 2011 9:26 am

Prezados amigos e amantes do Ormus, noticia e excelente dia!
Fico imensamente feliz na noticia dada pelo Carlos sobre a traduçao do site do Barry Carter ao Portugues e Espanhol, Primeiro é uma tarefa herculea do estimado amigo Carlos em traduzir do Ingles para o Portugues a que eu acredito ser, hoje em dia a maior fonte de informaçoes sobre o Ormus, esta tudo lá historia antiga e nova do Ormus, todo tipo de receitas para preparaçao, pesquisas e mais pesquisas, etc, etc.
Estou imensamente feliz em poder contribuir com meu graozinho de area na divulgaçao do Ormus, que tantas alegrias tem me trazido (a mim e a familiares e amigos proximos).
Nao podemos esquecer tambem que o livro da Chris Emmont é todo baseado na fonte do site do Barry e esse livro pelo que me consta é o unico hoje a falar exclusivamente de Ormus.
Assim, meus estimados amigos aguardem que logo logo teremos em Portugues a mais completa e atualizada fonte de informaçoes sobre Ormus.
Muita Luz para todos nos,
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Nov 17, 2011 1:12 pm

Como o Ormus mercurio não me interessa particularmente nunca lhe dediquei muito tempo mas li em algum lugar que os Indianos tem uma prática em que usam o mercurio para atravéz de uma manipulação com fogo e ácido o transformar/transmutar em ouro monoatomico. Embora transmutar seja algo que a maioria não concebe tem no entanto como cerne a remoção de um simples protão. Se rtetirarem um protão a um atomo de mercurio ficam com um atomo de ouro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Transmutando   Qui Nov 17, 2011 1:35 pm

Desculpe a ignorância, mas... achava eu que as reações químicas envolvem na maioria das vezes somente os elétrons, pois para alterar a quantidade de prótons e nêutrons haveria uma liberação de energia monstruosa. Além disso as ligações entre os prótons e néutrons são muitas vezes mais fortes do que as ligações eletrônicas (=de elétrons), sendo que geralmente os elétrons periféricos tem ligações mais tênues e são "a bola da vez" em reações químicas.

Então o que achava está tudo errado? Estou acendendo a fornalha para queimar meus livros de química... Very Happy

Quanto à dita transmutação, é possível fazer isso sem qualquer parafernália tecnológica?

Estou "leso", como dizem os nordestinos do Brasil... Então quem faz ouro a partir de chumbo faz é isso, no final das contas? Tira fora 3 prótons de um átomo de chumbo (sabe Deus como) ? Tira 1, obtém Tálio. Tira outro, já é mercúrio. Tira o 3º e aí está... um átomo de ouro ! Humm... o mestre Carlos deve estar a pensar... como é afobado esse mineirinho comedor de queijo... só estou conjecturando, amado mestre... isso será tarefa para outras encarnações.... hehehehe





Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Nov 17, 2011 5:09 pm

Amigo Robson, não estamos falando de quimica e sim de Alquimia. É muito provavel que não saiba mas até há fermentos comuns que em certas condições conseguem transmutar prata em ouro. A maneira como o fazem pode ser sefinida de forma simples como alimento e excremento. Esses fermentos comem preta e excretam ouro...é um pouco mais complicado mas a ideia que estou a dar serve bem para ilustrar o processo. Há também técnicas Alquimicas que permitem manipular os metais transmutando-os noutros. Presentemente os Alquimistas modernos designam a técnica como "Fusão Fria" mas o amigo e todos os outros neste grupo, incluindo eu, ainda estão um pouco longe de chegar a essa fase.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Etc   Qui Nov 17, 2011 5:36 pm

Humm... isso lembra a controversa biogênese.

Quem fala que química é a alquimia moderna, ou que a química é a evolução da alquimia, então está prestando um desserviço ao conhecimento.

Já li que em determinadas circunstâncias alguns seres vivos transmutam um elemento ou substância abundante em outra escassa, e até mesmo alguns seres mudam de sexo num caso de ausência de exemplares de um dos sexos (exemplo: uma espécie de rã).

Então pode-se dizer que os seres vivos são laboratório alquímicos e químicos, não?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Nov 17, 2011 6:45 pm

Como é encima assim é embaixo, já dizia a milhares de anos Hermes Trimegistos.
E que o Microcosmos (ser Humanos), é igual ao Macrocosmos (Universo).
Por isso que eu enfarizo (como muito bem me orientou, o amigos Carlos), a importancia de abordarmos com muita atençao, dedicaçao e altruismo o feitio do Ormus, pois estamos fazendo Alquimia, sim os primeiros degraus da Grande Obra, (muito no inicio, como diz o nosso amigo Carlos, mas afinal nao deixa de ser Alquimia.
Entao....vamos ao Ormus Alquimico, meus amigos, com vontade, dedicaçao e amor e os proximos degraus da obra, chegarao, quando tiverem de chegar, mas com certeza, elaborando, fazendo e divulgando o Ormus, vamos chegar la,
Afinal, como sempre digo, temos todo o tempo do mundo!
Abraços fraternais,
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Paulo Silva   Sab Nov 19, 2011 8:21 pm

Amigo Paulo, se me permite uma dica, faça um porção pequena, nem que seja a conta de usar em um dia. O psicológico comanda muitas de nossas ações futuras. Às vezes um insucesso gera, mesmo de forma inconsciente, uma resistência nas próximas iniciativas. Ora, numa tarefa em que a intenção tem efeito singular, isso deve ser levado em conta.

Dando certo, faça com uma quantidade maior. Como dizem os experts em gestão, forme o seu próprio banco de conhecimento. As dicas valiosas do mais experimentado mestre de nada valem sem a sua própria práxis.

Aquilo que o Carlos disse sobre alquimia e química me balançou como um terremoto. Alquimia, a meu ver, tem um caráter intuitivo fortíssimo que a química ignora completamente. A estequiometria na alquimia não é o mais importante, entende?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Nov 20, 2011 5:15 am

"Alquimia, a meu ver, tem um caráter intuitivo fortíssimo que a química ignora completamente." Exactamebte no alvo amigo Robson. Fez uma sintese perfeita das diferenças entre Quimica e Alquimia. Embora a química seja filha da Alquimia falta-lhe a alma e isso faz um universo de diferença.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Nov 20, 2011 7:22 am

Eu li certa vez em minhas psquisas no mundo virtual que os primeiros quimicos surgiram de experiencias que nao deram certo na alquimia, ou iniciantes nos estudos que nao tiveram paciencia na Grande Obra e se desvirtuaram do caminho.
Fazendo um paralelo, quando era estudante no meu curso de Formaçao em Terapias Naturais, tinha a historia de que a Alopatia surgio de um desvirtuamento da verdadeira Medicina Natural.
E por ai vamos.....
Bom domingo, e muita Luz para todos nos,
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Curiosidades sobre ormus   Dom Nov 20, 2011 10:15 am

Carlos, matérias como tronco de árvores ressecadas, esqueletos, ossos, ou seja, seres vivos sem vida mantém o ormus que detinham em vida? Ou ao morrer todo o ormus migra ao redor?

Outra dúvida: aquelas sementes que são tidas como imprestáveis, ou como se diz aqui no Brasil: não pegam. Essas sementes se colocadas em solução de ormus podem voltar a ter funcionalidade?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Nov 20, 2011 11:55 am

Materiais lenhosos são formas de carbono e portanto são a armadilha perfeita para os materiais Ormus de sua preferencia. Estou a dizer que cada planta tem como fim aprisionar este ou aquele elemento Ormus por isso é necessário ter madeiras de várias árvores diferentes para se obter um leque mais abrangente de elementos Ormus. Raramente aparecem plantas com mais do que dois elementos ormus. Para decidir que madeiras usar deve seguir a cor das flores e dos galhos. Pçantas com cores intensas entre o vermelho e o roxo são ricas emRodio osmio e ruténio. as de cor amarela contem ouro e prata,as brancas contem iridium e platina. Portanto para obter um Ormus balançado procure juntar lenhas folhas e flores de todas as cores que houver à sua volta.

É claro que quanto mais secos e velhos estejam esses materias mais porisidade acontece e isso abre um pouco o caminho para a fuga dos elementos Ormus que se encontrem perto do exterior dessas madeiras mas pode utilizar esse material. Se puder ter escolha procure apanhar a lenha ainda verde, vigie a sua secagem à sombrea e queime quando tiver acabado de secar.

Quanto ás sementes que não germinaram não me parece que o Ormus as possa reviver. Pelo menos nunca encontrei nenhuma informação acerca disso...mas experimente deixar as sementes de um dia para o outro numa água rica em creme de Ormus cujo PH ná seja superior a 7 nem inferior a 5,5. Depois coloque-as num vaso para germinar no escuro e veja o que acontece. Essa experiencia vale a pena ser feita porque nos pode trazer mais informação preciosa no que respeita ao uso de Ormus nas plantas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
robson.melo

avatar


MensagemAssunto: Ormus turbinado   Dom Nov 20, 2011 4:48 pm

Carlos, na receita de ormus turbinado o precipitado que se obtém após a mistura dos precipitados é a base final tanto para o pó quanto para o creme? Então no caso eu só retiraria metade para fazer o creme, e metade eu faria o pó. Não há então necessidade de abaixar o ph abaixo de 4 como na receita normal para fazer o pó, confere?

Você já experimentou fazer ormus usando água oxigenada em vez de ácido?

Um adendo, prezado Paulo Silva: ferver a água ACELERA o processo e a aumenta a solubilidade (ou ponto de saturação), mas nada impede de você fazer sem ferver a água. Só vai dissolver menos sal e gastar mais tempo. Ora, de repente você tem pouco tempo à noite, deixa precipitar por 24 horas... hehehehe

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Nov 20, 2011 5:29 pm

A razão porque a receita recomenda que se baixe o PH com acido para depois a fazer subir é bem específica da situação para que essa receita foi formulada. A intenção foi obter um Ormus pó com maior teor em rodio para que a pessoa que se estava a tratar tivesse um Ormus de maior poder curativo. Se não se trata de promover a cura de casos terminais como foi o caso não há necessidade de proceder a essa operação mas deve cuidar para que o PH final dp seu precipitado não exceda os 8 porque quando fizer o creme ainda vai subir um pouco.

Só se usa água oxigenada no Ormus se houver razão para pensar que o precipitado pode estar contaminado com alguma bactéria, virus ou outro agente patogenico. Se for esse o caso adiciona-se duas gotas de água oxigenada a cada trinta mililitros de precipitado.

Há uma técnica para fazer suspensões coloidais deouro ou prata em que a água oxigenada é usada mas iso não tem nada a ver com o Ormus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 7 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» M.D.C. - (todos os valores)
» Deus tem sempre uma resposta, para tudo para todos (Deus nos surpreende - Bruna Karla).
» Calcule a soma de todos os números inteiros maiores do que -300 e menores do que 501 que não são múltiplos de 15
» A paz do Senhor a todos!
» Diante Deus Todos os Homens São Iguais... Mesmo ???

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sejam todos bem-vindos ao Conhecimento Provisório! :: Conhecimento Provisório :: Ormus-
Ir para: