Sejam todos bem-vindos ao Conhecimento Provisório!


 
InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Jun 12, 2011 7:21 am

MÉTODO DE EXTRAÇÃO A PARTIR DE SAL NÃO PROCESSADO
Postado por Rafael Uroz
( Use somente água destilada ou de poço. Nunca água de torneira)
Aqueça água num recipiente de aço inoxidavel. Depois de quente, ponha o sal
devagar e vá mexendo para auxiliar a dissolução. Quando estiver a meio da
dissolução ponha mais sal e continue assim até a água não conseguir absorver
mais. Não esqueça de filtrar a água, depois de misturar todo o sal, pelo menos
duas vezes, usando filtros de café.
Só depois é que prepara a solução de soda caustica misturando soda caustica em
água destilada e deixando reagir até ficar novamente com o aspecto de água
comum. Em seguida misture a solução de soda caustica até atingir PH 10,4. Espere
meia hora e volte a verificar o PH porque devido à resistividade algumas vezes o
PH aumenta um pouco ao fim de algum tempo. Depois deixe precipitar. Se usar água
quente consegue ter o precipitado no fundo ao fim de três horas. Se usar água
fria tem de esperar pelo menos doze horas antes de poder começar o processo de
lavagem por diluição.
O que precisa aquecer é a água que vai adicionar e não toda a água mais o
precipitado. Pode aquecer uma água enquanto espera precipitar. Assim não perde
tempo.

Se usar o mesmo recipiente para lavar que usou para precipitar, basta que o
encha de água até ao mesmo nivel que tinha antes de tirar a água que ficou em
cima do precipitado. Lave o precipitado três vezes. Depois veja o PH. Nessa
altura já deve estar mais baixo. Depois de lavar e remover o excesso de água
retire metade do precipitado para outro recipiente e coloque o restante ao lume
forte para evaporar com a tampa em cima. Vá vigiando para poder parar a
evaporação quando o precipitado tiver a consistencia de um creme espesso. Nessa
altura retire a panela do lume e verta o creme para dentro de um frasco
esterilizado. Embrulhe em papel metálico e guarde em lugar escuro ao abrigo de
campos magnéticos.

À metade de precipitado que guardou, vai então misturar vinagre sem côr até todo
o precipitado voltar a ficar em solução com a água. Fica exactamante com o
aspecto da água vulgar. Nessa altura veja o PH. Se tudo estiver bem deve estar
entre PH três e quatro. Adicione muito lentamente solução de soda caustica até
chegar a PH sete e meio. Nessa altura lave de novo mais três vezes pondo sempre
a água no nível inicial. Quando acabar de lavar verta o precipitado na panela
inoxidável e deixe ferver, sempre com a tampa em cima, até estar quase seco.
Nesse momento reduza a chama para acabar de secar muito devagar. No final vai
ficar com uma massa seca no fundo da panela. Com a ajuda de uma colher de aço
inox ou plástico retire a massa da panela e coloque-a num prato. Adicione um
pouquinho de água e com uma faca de aço inox macere a massa de modo a ficar com
cristais pequenos. Retire a água que adicionou e leve ao micro-ondas a toda a
potencia durante três minutos tendo o cuidado de colocar outro prato um pouco
mais pequeno a sevir de tampa. Quando terminarem os três minuto retire com
cuidado os pratos do micro-ondas e destape. Vai verificar que uma parte do pó
foi disparado contra o prato que serve de tampa. Esse pó é rico em iridio e
rodio. Misture os pós no prato principal e mexa os cristais para separar algums
massas maiores de modo a ficar só com um pó mais ou menos homogénio. Como usou
Sal como matéria prima vai obter um pó esbranquiçado-rosado um pouco escuro.
Esse pó é composto por uma mistura de Calcio, Silicio e Magnésio, que são os
veiculos onde se encontra o Ormus. Coloque esse pó num recipiente e isole com
papel metálico. Guarde em lugar escuro ao abrigo dos campos magnéticos... etc.

Prepare uma garrafinha de trinta mililitros com conta gotas e pese três gramas
de pó. Coloque esse pó na garrafinha com a ajuda de um papel dobrado e adicione
cinco mililitros de creme de Ormus. Se usar uma seringa de bico largo vai ver
que é fácil essa operação do creme. em seguida encha o restante da garrafinha
com água distilada. Está pronto para usar. Se estiver de boa saúde toma só a
dose de manutenção que é de cinco gotas três vezes ao dia sempre um pouco antes
das refeições. Se estiver doente deve começar com a mesma dose mas ao fim de
três dias deve aumentar parao dobro. Nos casos de doenças graves a dose triplica
ao fim de uma semana. Se tiver dores de qualquer origens faça massagens na área
onde sente a dor usando o creme de Ormus. Em adição massage também nas
axilas,por trás dos joelhos e nas plantas dos pés. Como devem saber, estes são
locais de absorção cutânea. Estas massagens tem como fim alcalinizar o organismo
eliminando assim a acidez que é a causa desse mal estar.

Se acontecer uma trovoada durante o seu trabalho de extração, pare tudo. A
trovoada é prejudicial à extração de Ormus porque um simples raio provoca um
campo electromagnético bastante forte que embora de muito curta duração tem uma
influencia desastrosa para a recolha de elementos em alta rotação. Mantenha o
precipitado dentro da panela de aço inoxidavel até acabar esse temporal. A
panela vai servir de escudo magnético, protegendo assim o seu Ormus.

Boa sorte e bom trabalho


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Jun 12, 2011 8:07 am

Há qualquer problema com o sistema. eu teclei Ormus e apareceu qrmus. de qualquer forma dá para perceber. Talvêz o Confrade Henrique possa editar o erro.


Quem começar o processo de extração a partir de água do mar segue exactamente o mesmo método menos a dissolução do sal.


Para conseguir que o pó que contem o Ormus ou o precipitado, seja mais rico em Ormus, siga o seguinte método: -- Prepare dois recipientes com água do mar ou com sal não processado em solução com água de poço ou destilada e misture a solução de soda caustica. Num recipiente faça o PH subir até 10,5 e no outro eleve o PH a 14. Depois de obter o precipitado lave aquele com o PH 10,5 quatro vezes tendo o cuidado de usar sempre um volume de água semelhante àquele que tinha antes de verter o excesso de água acima do precipitado. Depois verta para outro recipiente toda a água acima do precipitado com PH 14. Em seguida Encha novamente co água o precipitado lavado. Misture a água com PH 14 com a do precipitado lavado agitando a água vigorosamente. Agora, depois de medir o PH faça este descer até PH 8 usando ácido muriático,vinagre ou mesmo sumo de limão. Deixe precipitar e lave de novo da forma indicada anteriormente. depois proceda à evaporação para obter o pó ou o creme conforme pretender.

Quando o PH chega a 13 o Ormus contido no precipitado deixa de suportar esse PH e tenta fugir-lhe deixando o interior das moléculas onde se protegia dos campos magnéticos, ficasim disperso na água limpa acima do precipitado. Quando essa água é misturada ao outro precipitado o Ormus volta a procurar refúgio nas moléculas de que este é composto. O resultado final é um precipitado ou um pó com o dobro do conteudo em Ormus. Este processo pode ser melhorado usando três ou quatro recipientes de precipitado sendo um com PH 10,5 e todos os outros com PH 14.

Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Silva




MensagemAssunto: Sal   Seg Jun 20, 2011 8:36 pm

Boa noite! A todos, Carlos, Rafael.
Muito boa explicação de vocês. Eu queria saber o seguinte.
Alguns falam que o sal do mar morto pelas suas caracteristicas é o melhor.
Qual o sal do Mar Morto que eu posso fazer Ormus? Tem alguma marca ou nome específico que vocês saibam. Eles tem muito sal para banho e sal colorido estes nunca usar, estou certo?
Muita paz e luz. Paulo Silva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Ter Jun 21, 2011 2:25 am

Caro Paulo silva, a maior parte do chamado sal do Mar Morto não passa de uma fraude e o que realmente é proveniente desse Mar está totalmente poluido por ser recolhido junto a estancias balneares. O Unico Sal do Mar Morto de que se pode extrair Ormus com segurançã de não estar contaminado é do região de Masada.No entanto, para além da quantidade de precipitado por litro de água ser maior do que na água de outro Mar qualquer não há vantagem especial em extrair Ormus desse sal porque para além da dificuldade em garantir a proveniencia e pureza do produto há também o facto de só se extrair Ormus Ouro. Todos os outros elementos monoatomicos ou diatomicos não estão presentes nesse sal.
Se vive perto do mar, o melhor mesmo é começar por extrair Ormus dessa água porque assim obtem um Ormus balançado de acordo com as ne4cesidades do nosso organismo.
Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Entendendo melhor   Ter Jun 21, 2011 6:20 pm

Não entendi direito! Nesse trecho está a parte que não compreendi:
"Depois verta para outro recipiente toda a água acima do precipitado com PH 14. Em seguida Encha novamente co água o precipitado lavado. Misture a água com PH 14 com a do precipitado lavado agitando a água vigorosamente. "

A água com ph 10,5 não tem ormus (precipitado não incluso).
A água com ph 14 tem ormus (precipitado não incluso).

Devo lavar 4 vezes a água com ph 10,5. Entendido!
A água com ph 14 deve ser reservada, pois tem ormus.
O nível de água do precipitado da água com ph 14 deve ser recompletado.
A partir daí, não entendi nada.

Vai ter que haver 3 frentes de trabalho?
1 - precipitado de ph 14.0;
2 - precipitado de ph 10.5;
3 - água acima dos precipitados de ph 14 e 10.5;

Lavo cada um desses itens e depois misturo tudo num recipiente só?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Paulo Silva




MensagemAssunto: Boa noite! A todos.   Ter Jun 21, 2011 6:28 pm

Muito boa suas informações Carlos. Obrigado.
Eu moro no Rio de Janeiro amigo Carlos aqui é quase impossivel pegar água do mar limpa , só se for para alto mar. Eu fiquei sabendo que algumas pessoas iam para longe da costa e com uma armadinha baixava uma corda para pegar agua a 100 metros. Só assim eles tinham certeza que a água era adquada. Vou ter que fazer isso? Eu acho que vou rsrsrsr.
Você sabe me dizer qual o equipamento para pegar esta agua lá embaixo?
Uma área que deve ter agua bem limpa deve ser Paraty, Angra, Ilha Bela.
Qual a quantidade de Ormus em um litro de agua do mar?
Muita paz e luz.



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qua Jun 22, 2011 2:30 am

Acima de PH14 o Ormus deixa o precipitado e fica na água.

Ao precipitado com PH 10,4 adiciona água do poço até ao nível com que começou o processo.

Ao precipitado com 10,4 mais água do poço junta a água acima do precipitado com PH 14.

Dessa forma obtém Ormus com dupla potencia.

Pode afastar-se do Rio uns vinte quilometros e encontrar uma zona desabitada ?

muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qua Jun 22, 2011 2:20 pm

Em 20 litros de água do mar extraiem-se cerca de seis gramas de matéria seca. Dessas seis gramas só cerca de duas é que são Ormus. O resto é magnésio com um pouco de calcio e silicio e mais cerca de 80 mineráis essenciais à vida muito embora o seu total seja menos de 1 % do peso seco total. logo, em 1 litro de água deve haver cerca 0,1 gramas de Ormus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Acho que entendi!   Qua Jun 22, 2011 5:39 pm

Acredito que compreendi a idéia que o ilustre Carlos postou.

Só ficou uma tênue dúvida... terei então duas frentes de trabalho: uma, do precipitado com ph 14, e a outra, do precipitado com ph 10,4 adicionado da água do precipitado de ph 14. Depois de lavar três vezes as duas soluções, devo misturar tudo, ou faço cada uma separado?

Uma questão: lavar demais o precipitado causa algum problema?

Infelizmente já havia comprado o famigerado Red Sea Salt, agora é torcer para que ele dê um mínimo resultado. Vou usar a receita "turbinada" para ter um resultado melhor...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Jun 23, 2011 2:24 am

Depois de obter os dois precipitados ( PH 10,4 e PH 14) adiciona ao precipitado a PH 10,4 um volume de água do poço igual ao volume retirado de cima do precipitado. Depois mistura a água que está acima do precipitado a PH 14 ao precipitado mais água do poço do Precipitado a PH 10,4. Parece complicado mas é muito simples.
Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Esclarecendo   Qui Jun 23, 2011 11:37 am

Entendi isso, Carlos. A questão que perdura é o que fazer depois com esses dois ormus.

Entendi que devo separar a água em dois recipientes, cada uma terá um ph diferente. Após lavar, a água acima do precipitado de ph 14 irá se adicionar ao precipitado lavado com ph menor já com o volume de água completado. Não há dúvida quanto a isso. O que não entendi é DEPOIS disso.

Vou lavar, lavar e lavar em dois recipientes distintos. Aí depois junto tudo num só recipiente?

É que na receita original o ph tem que descer entre 3 e 4, e nessa do ormus "turbinado" o patamar é mais acima (Cool. Esse parâmetro serve para os dois recipientes?

E ainda: lavar demais um precipitado prejudica? Ou lavar além de 3 vezes é mero preciosismo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Esclarecendo   Qui Jun 23, 2011 11:50 am

Entendi isso, Carlos. A questão que perdura é o que fazer depois com esses dois ormus.

Entendi que devo separar a água em dois recipientes, cada uma terá um ph diferente. Após lavar, a água acima do precipitado de ph 14 irá se adicionar ao precipitado lavado com ph menor já com o volume de água completado. Não há dúvida quanto a isso. O que não entendi é DEPOIS disso.

Vou lavar, lavar e lavar em dois recipientes distintos. Aí depois junto tudo num só recipiente?

É que na receita original o ph tem que descer entre 3 e 4, e nessa do ormus "turbinado" o patamar é mais acima (Cool. Esse parâmetro serve para os dois recipientes?

E ainda: lavar demais um precipitado prejudica? Ou lavar além de 3 vezes é mero preciosismo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Jun 23, 2011 2:55 pm

Uma vez misturado o precipitado do PH 10,4 com a água do precipitado a 14 o amigo continua na receita normal fazendo baixar o PH até dissolver totalmente o precipitado. Isso acontece entre PH 3 e 4. Depois eleva o PH até 7,5 e precipita o Ormus de novo.
Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Entendido!   Qui Jun 23, 2011 5:01 pm

Então a dica do ph 8 vale só para o precipitado de ormus com ph 14, correto?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qui Jun 23, 2011 5:17 pm

Não exactamente. O movimento feito com o PH drvr vários fins de acordo com o fim específico que quer atingir com o seu Ormus. Imagine que quer tratar alguém que sofre de intestino preso. Nesse caso convém manipular o PH no sentido de obter um teor maior de Magnésio. Se por outro lado pretende tratar alguém com cancro deve reforçar o Rodio no conjunto de seu Ormus. No primeiro caso deve elevar o PH até 10 e no segundo deve parar quando atingir PH 6. Mas acho que ainda é cedo para entrar-mos nesta área do Ormus. Para já, o importante mesmo é que o amigo se decida a começar a extrair Ormus pela forma mais simples possível e depois, quando se sentir confiante, deve então passar ao Ormus reforçado e depois ao estudo das formas de manipular o PH conforme a situação. A receita que o amigo Rafael postou foi concebida tendo em vista um caso específico de cancro do intestino a entrar em metastese. Digamos que em termos de saúde é o melhor para casos derivados de Acidose do organismo.
Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Humm...   Qui Jun 23, 2011 5:41 pm

Captei... então, cada finalidade tem um método de preparo de ormus específico. Muito interessante!

Estava a ler uns relatos de pessoas que usam o chamado ouro coloidal (se é coloidal, iônico ou sei lá o que for, não posso garantir). Relatam sonhos lúcidos, visão positiva da vida, entre outras coisas.

Para mim acredito então que, na hora certa, o ormus com mais ouro seria o mais adequado, pois felizmente minha saúde é ótima. O Red Sea Salt você afirmou que tem apenas ouro, então acredito que vai dar certo para o meu caso.

Conversei com um dono de salina e ele manda uma saca de sal sem refino a um preço até acessível (aliás, pelo preço da saca de 20 kgs, já embutido o frete, eu não compro nem 8 kgs do Red Sea Salt).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sex Jun 24, 2011 2:26 am

O amigo tem uma possibilidade unica com esse seu conhecido da Salina. Fale com ele de novo e peça-lhe para ele lhe enviar o sal que se forma aos cantos da Salina. Esse sal é muito mais branco e mais rico em Ormus do que o sal recolhido no interior da Salina. Mas tem de ser o sal que se forma mesmo nos cantos da Salina.
Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Silva




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sex Jun 24, 2011 2:18 pm

Boa a tarde ! A todos da sala. Carlos eu demorei em responder porque fui procurar um amigo que tinha um barco infelizmente ele vendeu. Se o sal do mar Morto " esta morto " qual outro sal poderia usar? Se esse método é o mais simples imagina o complicado ( rsrsr). Eu ainda estou na água ( rsrsr). Então nós temos para cada tipo de doença um tipo de ormus, isso vai depender de quais os elementos que constituem a matéria prima, bem interessante. Foi isso que eu entendi.
Muita paz e luz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Silva




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sex Jun 24, 2011 2:35 pm

Agora que eu li sua resposta Carlos. Então tem que ser o sal nos cantos da salina.
Pathfinder173 vc falou que conversou com o dono da salina, vc mora é no Brasil? O problema o sujeito entender que o sal é o das bordas.
Carlos porque o ormus se acumula em sal?
Muiat paz e luz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Respondendo   Sex Jun 24, 2011 3:01 pm

Moro no Brasil sim. Quanto ao moço da salina, eles ficam em Araruama (RJ) e eles tem um site... www.issal.com.br . Afirme que quer o sal de piscina e veja se consegue que ele retire exclusivamente da borda. De repente ele vai cobrar mais por esse manejo diferenciado. O frete é por transportadora (mais caro do que o sal).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sex Jun 24, 2011 5:40 pm

Não se trata de ter um Ormus diferente para cada doença. O que difere é a percentagem deste ou daquele elemento monoatomico. No caso das doenças cronicas auto induzidas como o cancro,reumático, excessos biliares , prisão de ventre, fibromialgias etc. o elemento mais necessário é o Rodio com alguma ajuda do Paladio. Como o Rodio é um dos primeiros precipitantes convem que ao subir o PH após ter diluido o precipitado em acido, o PH não ultrapasse o 7, sendo que para garantir um máximo de ródio e uma menor quantidade dos outros elementos será melhor que não ultrapasse os 6,5. No entanto estas condições de saude tambem precisam de uma dose extra de Magnesio pelo que em conjunto com a toma de Ormus com muito Rodio é necessário adicionar uma dose diária de creme de Ormus. Dessa forma, o organismo que estava ácido passa gradualmente a alcalino facilitando dessa forma o trabalho ao Rodio.
Acontece também que para uma boa saúde de modo geral é conveniente manter a alcalinidade do organismo, daí que eu tenha iniciado a abordagem ao Ormus neste forum com a receita de Ormus a partir do sal.

Não é só no sal que o Ormus se esconde. De facto ele procura o interior de moléculas redondas, como o ozono composto por mais do dois átomos de oxigenio. Também se esconde dentro das moléculas de carbono, silicio, calcio e muitas outras mais. Para o que de momento nos interessa há a reter que a água do mar contém sodio, silicio,calcio e magnésio sendo por essa razão um meio ótimo para armazenar Ormus.

Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Silva




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Sab Jun 25, 2011 6:06 pm

Boa noite! A todos.
Este sal tem que ser armazenado em lugar especial? Tem tem de validade depois de aberto o saco? Qual o procedimento adequado para armazenar ormus?
Muita paz e luz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Dom Jun 26, 2011 1:51 pm

O sal não precisa de armazenamento especial. Já o Ormus deve ser guardado ao abrigo da luz e dos campos magnéticos.Assim o ideal é usar um pequeno frasco de vidro ou de plastico para guardar o Ormus e colocar esse frasco dentro de uma caixa de biscoitos das de ferro. Assim o Ormus fica perfeitamente defendido de qualquer campo magnético e também fica na escuridão total.
Muita luz
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo Silva




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Ter Jun 28, 2011 6:40 pm

Boa noite! A todos os amigos.
O local de preparação do ormus tem que ter pouca luz ou não? O sol não pode incidir na área de preparação? Tem algum procedimento especial a ser adotado durante a fabricação ?
Muita paz e luz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   Qua Jun 29, 2011 1:53 pm

Os elementos no estado monoatomico ou diatomico perdem energia ao serem expostos aos raios ultravioletas e em consequencia dessa perda de energia são forçados a baixar a sua rotação elevada. Isso os deixa na faixa de energia em que os elementos metalicos se juntam quimicamente, passando ao estado metalico. Por esta razão é conveniente que o precipitado não seja exposto à luz solar directa, sendo muito conveniente que todo o processo se faça ao abrigo da luz solar e de campos magnéticos. No entanto, pode ser feito ao sol e exposto a campos magneticos, desde que todo o processo seja acelerado usando sempre água bem quente em todas as fazes do processo. Dessa forma, minimizam-se os estragos.Quem optar por esta via muito rápida terá OBRIGATORIAMENTE de expor o Ormus assim obtido a três minutos de radiação no Micro-ondas afim de expurgar possíveis elementos metalicos produzidos durante o processo de extração.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 8Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» M.D.C. - (todos os valores)
» Deus tem sempre uma resposta, para tudo para todos (Deus nos surpreende - Bruna Karla).
» Calcule a soma de todos os números inteiros maiores do que -300 e menores do que 501 que não são múltiplos de 15
» A paz do Senhor a todos!
» Diante Deus Todos os Homens São Iguais... Mesmo ???

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sejam todos bem-vindos ao Conhecimento Provisório! :: Conhecimento Provisório :: Ormus-
Ir para: