Sejam todos bem-vindos ao Conhecimento Provisório!


 
InícioInício  CalendárioCalendário  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Últimos assuntos
» dúvidas no feitio de prata coloidal
Ter Jun 30, 2015 7:08 pm por jaimetche

» QRMUS -- MÉTODOS DE EXTRAÇÃO
Ter Jul 31, 2012 12:21 pm por ReginaldoPedrosoAquino

» MAGNETISMO OU MAGNETISMOS ?
Qua Mar 28, 2012 10:56 pm por bionsblood

» VIVER DE LUZ
Qua Mar 28, 2012 8:56 pm por bionsblood

» Pedra Filosofal
Qua Mar 28, 2012 6:33 pm por bionsblood

» ANO DO ARMAGEDON...SERÁ?
Qui Fev 02, 2012 3:45 pm por ajosesimoes

» Ormus de Ouro
Dom Jan 29, 2012 6:23 pm por Carlos Ferreira

» It's a kind of magic
Qua Dez 07, 2011 10:21 am por Carlos Ferreira

» ÁGUA OXIGENADA - MITO URBANO VS MONOPÓLIO FARMACÊUTICO
Sab Dez 03, 2011 11:24 am por rafaeluroz

Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Navegação
 Portal
 Índice
 Membros
 Perfil
 FAQ
 Buscar
Tópicos similares

Compartilhe | 
 

 A Possibilidade da Vida Eterna

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: A Possibilidade da Vida Eterna   Sab Jul 16, 2011 9:16 pm

Prezados Confrades e amigos
Como esta semana é a minha vez de postar um novo topico, gostaria de discutir e analizar com os amigos As Possibilidades da Vida Eterna.
Acredito que em maior ou menor grau a maiorio de nos ja pensou no assunto mesmo que seja como um sonho ou uma teoria bizarra, mas, seria realmente possivel alcançar a vida eterna nesta atual fase de nossas vidas (pergunto).
E mais ainda, se for possivel, para que viver eternamente, quais as vantagens (pergunto).
E vamos ainda mais longe, como dar os primeiros passos nessa tao grandiosa obra (para aqueles que decidirem de coraçao empreender esse caminho).
E vejam que quando falo em Imortalidade me refiro a imortalidade fisica, nao apenas da imortalidade da alma.
Muito bem, é claro que eu tenho minha opiniao a respeito e partilharei com prazer com os amigos, mas para começar gostaria de saber as suas impressoes a respeito.
Desejo a todos nos uma semana de muita LUZ!
Fraternalmente,
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tiago Faria

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : Algarve;Lagoa;Ferragudo
Humor : SARCÁSTICO E SÁTIRO

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Dom Jul 17, 2011 8:36 pm

As Leis do Universo e da Natureza são muito claras nada é Eterno....qualquer coisa que não siga isso é uma aberração. Se me disserem que é para perlongar a vida até que aceito, mas tudo tem de ter um príncipio, meio e fim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Siviero

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : São Paulo São Roque Brasil
Humor : Quer por fogo na rainha sempre

MensagemAssunto: A possibilidade da vida eterna   Dom Jul 17, 2011 10:31 pm

Boa noite aos confrades e um especial abraço ao amigo Carlos, ao Henrique e ao Rafael cuja dúvida é assas curiosa.

Envolve-me mais a “questão” da questão proposta!
O que anda pelo Espírito do Rafael para essa preocupação?
Sim..; pois tenho cá para mim que ele tem o conceito espiritualista bem definido, logo causa-me estranheza o detalhe de isolar a idéia de “vida eterna da alma”!
Vejamos alguns detalhes interessantes dessa tese:

Primeiro; que vida devemos pensar em eternizar?

A dos reis e nobres ou a das crianças africanas e, mesmo brasileiras, que vemos vez por outra fotos que nos tiram o sono por semanas seguidas?

Ora.., se a visão é espiritualista devemos entender que perpetuaríamos os desmandos do poder eternamente por um lado e, por outro, a miséria desenfreada, talvez pior que isso, a nobreza manteria em “conserva” os desafortunados para servi-los indefinidamente.

Ainda sob este aspecto (espiritualismo) devemos entender que os miseráveis de hoje são os nobres de ontem, o que nos conduz a uma decisão definitiva, ou entendemos que a espiritualidade é o modus operandi sensato da natureza, ou que a vida da matéria é tudo que temos e devemos nos dedicar a mantê-la indefinidamente logo, erramos em pensar espiritualizadamente ou erramos em pretender nos manter eternamente no corpo físico.

No ocidente o conceito de morte foi associado indevidamente ao desaparecimento e à inexistência do consciente, o sentimento de morte é, para a maioria dos humanos “ocidentais”, indissolúvel ao esquecimento absoluto de tudo.

Notem na própria questão proposta o isolamento do “caso especial” vida eterna da alma, bem..; tenho certeza que o Carlos que é outro “velho” como eu tem uma visão mais objetiva de “fim”.

Querem saber? Há um erro enorme nesse enfoque! Não EXISTE UMA ALMA!! NÓS SOMOS “ELA” (ESSA ALMA), o corpo já veio ao mundo morto para a verdadeira vida!!

Querem ver como somos completamente deficientes e limitados e é exatamente isso que pensamos eternizar?
a) – Fisicamente enxergamos apenas em uma direção, o Ser que somos sente todo o ambiente e alcança o quanto sua evolução permite como um todo!

b) – Ouvimos em uma estreitíssima faixa de ondas, enquanto o pensamento ouve o próprio Universo pulsar (Riam, mas ainda nos veremos bem à frente e os ouvirei dizer; “... Tinhas razão...”).


c) Falamos para sermos entendidos quando podemos expressar nosso Ser fazendo todos que quiserem nos entender.

d) Tudo que operamos depende do toque, do movimento, da força física e podemos vibrar em sintonia com a própria existência e tudo acontecer.

e) Vamos além (parodiando o amigo Rafael), se curarmos todos os males, se eliminarmos todas as dificuldades, se aprendermos tudo que a tecnologia oferece, ainda assim teremos o peso do corpo para transportar como uma “mala” absurda e desajeitada aonde quisermos ir, ao passo que o pensamento nos coloca instantaneamente onde quisermos, não precisa respirar, comer, dormir, bastar estar e existir.

f) Vida eterna e riqueza ou poder material é exatamente o que não nos compete, mesmo o mais iludido dos seres que se consideram felizes aqui um dia dizem com pesar e plenitude; “... cansei desta vida...”! A matéria é uma bagagem e, por melhor que ela seja, uma hora a “gravidade” a reclama.

Eternizar o que? Nós somos uma bolsa de carbono que carrega um peso enorme de água cujos prazeres são apenas três; comer, defecar e praticar sexo, podem polemizar, mas vejam que música, teatro, entre outros conduzem à minha afirmativa inicial, riqueza é uma forma confortável de buscar o que eu já falei, poder é o modo de obrigar os demais a lhe entregarem o que afirmo, qualquer prazer que remotamente o conduza à paz interior não é do corpo e sim do espírito, vício não é prazer e sim fuga e, normalmente ao delírio do espírito, posso continuar e fazer um livro ou mesmo um tratado e continuarei dizendo que são apenas esses três prazeres que existem ainda que alguns possam estranhar o prazer de “defecar”, pois experimentem passar uma semana sem “aquela visita ao banheiro” e depois digam que errei, de fato irão acrescer que falta um, “urinar” que, no fim é o mesmo!

Dirão então os senhores, “... Você é contra a vida..!”, garanto que não, devemos prolongá-la o máximo que pudermos para aproveitarmos em “LIÇÕES” tudo que for possível, mas tenham certeza, a vida eterna nós já vivemos em uma de suas fases, a existência não pode ser culpada pelo nosso parco alcance do entendimento do que somos de fato.

Eternizar a vida física é anti-natural porque tudo evolui, o “pensamento” tornou-se energia que tornou-se um átomo que se agrupou que voltou a ser energia e misturou-se com o pensamento e tornar-se-á energia e átomo.., esse é o Ser que somos, o espírito, o átomo, o pensamento, enfim, a criação!!

ESSA É A VIDA ETERNA!!
Fraternalmente, Marcus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Seg Jul 18, 2011 7:18 am

Confesso que já tinha muitas saudades de ler as análizes exaustivas do confrade e muito amigo Marcus. Porém, nesta questão, embora esteja de acordo com ele no geral da sua análize, encontro algumas falhas em alguns particulares.
A pergunta do Confrade Rafael não se prende com a generalização de vida muito estendida mas sim na possibilidade de tal ser possível. Reparem que não utilizo a expressão "Vida Eterna" mas sim "Vida Estendida". É que, se teoricamente é possível estar num estado de saúde perfeito onde o envelhecimento não ocorre e portanto não se morre por velhice, essa não é a única possibilidade de morte. De facto, a maioria das pessoas não morre de velhice e sim de muitas causas não naturais tais como guerras, acidentes vários, assassinatos, etc.etc. Portanto vida física eterna é algo que não éxiste. O que pode e em alguns casos deve existir é vida muito estendida em que o ser vivente se mantem de perfeita saúde, activo e sobretudo útil ao seu próximo. Claro está que com um tempo muito dilatado de vida o desenvolvimento espiritual tem de acontecer, sobretudo se a pessoa que mercê do desvendamento de conhecimento incomum, persegue essa vida estendida com o fim de ter mais tempo para aperfeiçoar o seu espirito com as lições de vida que vai colhendo e sobretudo servindo aos outros ajudando-os a também se desenvolverem. Esse é o cerne da "Grand Op".

Mas também no campo científico se dão passos decisivos na direção da vida estendida. Na edição de 3 de junho do "Journal of Clinical Investigation" veio a notícia da descoberta de uma proteina mutante responsável pelo desenvolvimento da "Progeria"

Embora a condição de saúde designada por "Progeria" seja mais conhecida pelos casos extremos em que crianças morrem de velhice avançada, é facto que a proteina mutante é também a causa principal do nosso envelhecimento físico. Por consequencia, quando a ciencia conseguir eliminar essa mutação da proteina celular designada por "Lamin A" em "Progeria", deixará de haver processo de envelhecimento e então, sob o ponto de vista de não morrer por não envelhecer, passaremos a gosar de uma vida teoricamente eterna.

Para melhor compreender as partes envolvidas no normal processo de envelhecimento analizemos como esse envelhecimento acontece: Durante a pesquiza da Progeria foi descoberto pelos cientistas que estudaram milhões de células colhidas de sete pessoas saudáveis com idades compreendidas entre os dez de os noventa e dois anos de idade, que essas células produziam sempre mais Progeria à medida que o tempo passava.

O que acontece nessa situação é que à medida que a "Lamin Â" se transforma em "Progeria" esta proteina alterada começa a comandar os "Telómeros", espécie de cabo de uma raquete de ténis cuja pega vai ficando sempre mais curta a cada nova divisão celular. Quando esse "cabo da raquete " acaba, a reprodução celular deixa de se efectuar porque deixa de haver mecanismo que dê a ordem de reprodução ás células. Nessa altura nós envelhecemos. Logo, para deixarmos de envelhecer só é necessário que não haja proteina mutante a desgastar os "Cabos da raquete" dos "Telómeros". Compreendidas as causas do envelhecimento, é só uma questão de tempo até que se descubra uma maneira de as eliminar...essa pelo menos é a visão da ciencia.

Pelo lado da Alquimia há indicações claras de que viver de forma estendida não só é possível como tem estado a acontecer periódicamente. A questão que deixo é se toda a gente deve ter aceso ou se pelo contrário, tal como no passado, só os escolhidos devem poder decifrar os mistérios que estão bem à frente de toda a gente e atingir o "Dragão Vermelho". Pessoalmente, tenho muitas reservas acerca da disseminação desse conhecimento de forma desregrada. Por isso procuro descobrir vocações genuinas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Henrique

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Porco
Localização : Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil
Humor : Agradecido sempre

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Seg Jul 18, 2011 10:02 am

Tiago, eu acho que tudo é eterno, mas nada é imutável. Nosso corpo é eterno, ou seja, os elementos que o compõe não sumirão depois da sua morte mas continuarão existindo separados compondo outras estruturas.

Oi, Marcus! Aquele abraço.

Vida corpórea eterna eu acho possível, porém com um objetivo muito específico e algo raro, para pouquíssimos. Se a necessidade da vida eterna for por causa do medo do desconhecido não seria um bom motivo.

Contudo, se a pessoa quisesse continuar vivendo indefinidamente para não ter a interrupção em algum trabalho ou estudo importante eu já consideraria como compreensível. Mesmo assim acredito que pensar que é coisa simples seria um pensamento infantil, no mundo deve haver alguns imortais que tiveram acesso a algum conhecimento muito privilegiado.

Vou deixar um texto agora para colocar lenha na fogueira:
____________________________________________

[...]
Existem exercícios esotéricos muito importantes para se obter saúde. Fala-se muito sobre Kundalini-Yoga, por exemplo; sobre o Viparita Karani Mudra; sobre os Derviches Dançantes e seus torvelinhos magnéticos. Sabemos que existem derviches que realizam danças maravilhosas no Paquistão, na Índia, no Oriente, através das quais despertam certos poderes latentes, desenvolvem determinados chakras. Tudo isso é de extrema importância. Se alguém quer possuir um corpo jovem, bem conservado, ou quer desenvolver seus chakras, precisa conhecer e praticar esses exercícios maravilhosos.
Os jovens não sabem apreciar a juventude porque ainda são jovens. Mas, os velhos, esses sim, sabem dar valor à juventude e apreciar essa riqueza fabulosa. Com os exercícios que apresentamos aqui nesta obra, os velhos podem recuperar sua força e sua juventude, e, os jovens, podem manter-se jovens eternamente.
Com os exercícios aqui apresentados todo mundo poderá curar seu corpo e suas doenças. Veremos aqui o mayurasana, a posição de joelhos, a postura da mesa que se vê em algumas ruínas antigas e muitas outras práticas e ritos. Trata-se, de fato, de uma síntese de exercícios esotéricos, com ampla documentação na Índia, na Pérsia, Paquistão, Turquia, Yucatan-México, etc.
Existem, por aí, publicações que falam sobre esse tema, mas que não chegam a ensinar a fórmula amplamente equilibrada que se necessita para realizar esses exercícios. A prática desse sistema fará com que os velhos se tornem jovens, que pessoas com 70 se transformem e adquiram uma aparência de 35-40 anos. No meu caso pessoal, por exemplo, muitos poderiam perguntar por que eu não revelo pouca idade. Simplesmente, porque eu não estava interessado em conservar este corpo indefinidamente.
Alguém, certa ocasião, me enviou da Costa Rica uma publicação que continha esses exercícios. Esses exercícios não são propriedade de ninguém. Existem, inclusive, algumas Lamaserias nos Himalaias e em outros lugares onde eles são amplamente difundidos. Existe uma Lamaseria, chamada Manancial da Juventude, onde este sistema assume grande destaque. Apesar de ali serem praticados muitos exercícios, não vi nessa publicação, todos os procedimentos que ali são praticados. Encontrei tão só algumas informações, recolhidas dessa mesma Lamaseria que, por sinal, conheço muito bem, como também conheço outras escolas que existem na Índia. É só se dar ao trabalho de viajar um pouquinho pela Turquia, Pérsia (Irã), Paquistão e outros lugares que se encontrará derviches dançantes ou criadores de torvelinhos magnéticos.
É preciso meditar um pouco sobre o significado de alguém estar de joelhos, por exemplo. Inconscientemente, a gente, quando criança, pratica certos exercícios. De todo modo, vi nessa publicação um relato muito interessante, que é o caso do coronel inglês aposentado. Feito este curto preâmbulo, vamos à história que ilustrará bem a importância destes exercícios.
Consta que vivia na Índia um coronel inglês, já aposentado do serviço militar. Era um homem de uns 70 anos; ele tinha um amigo muito jovem ainda. Esse coronel ouviu falar da existência de uma Lamaseria no Tibet, onde as pessoas recuperavam a sua juventude, chegavam velhas e saíam jovens, através de alguns procedimentos específicos.
O coronel tentou convencer seu jovem amigo a ir junto com ele, em busca da juventude perdida. Evidente, que ele não topou, e ainda ria das intenções do velho coronel, que queria recuperar sua juventude a todo ânimo.
No dia da partida, o jovem deu boas risadas, vendo aquela figura senil, de cabeça calva, ostentando uns poucos fios de cabelo branco e portando uma bengala, de partida rumo aos Himalaias.
— Que interessante este pobre velho! pensava o jovem amigo. Já viveu sua vida e agora quer tornar a viver novamente... E dava risada da boa fé do aposentado oficial inglês.
Em todo caso, o velho partiu. Quatro meses depois chega uma carta para o seu jovem amigo, na qual o coronel informava que havia achado o endereço da Lamaseria do Manancial da Juventude. Depois disso, não se soube mais do coronel.
Passaram-se quatro anos. Certo dia alguém bateu à porta do jovem amigo do coronel. Ele mesmo foi saber de quem se tratava.
— Em que posso ajudá-lo, perguntou ao visitante à porta, que parecia ter uns 35-40 anos.
— Sou o coronel ...
— Ah, sim! Você deve ser o filho do coronel ... que há uns tempos atrás partiu para os Himalaias?
— Não, eu sou o próprio coronel ..., disse o visitante!
— Não acredito! Eu conheço muito bem o coronel ... É meu amigo, e se trata de uma pessoa bastante idosa.
— Repito! Eu sou o coronel... que te escreveu uma carta quatro meses após minha partida, comunicando-te que havia descoberto o local da tal Lamaseria.
Ato seguido o coronel mostrou ao seu antigo jovem amigo seus documentos pessoais. Claro que o jovem não conseguia esconder sua surpresa com o que via com seus próprios olhos, diante de sua porta.
O mais curioso é que esse coronel, lá nos Himalaias, encontrou muitos outros jovens, dos quais se fez amigo. Todos aparentavam 35-40 anos. O mais velho era ele próprio. Mais tarde acabou descobrindo que todos esses “jovens” tinham mais de 100 anos.
O que importa é que o coronel achou a Lamaseria, submeteu-se à disciplina esotérica e conseguiu reconquistar a juventude.
Até aqui o relato que vi na citada revista da Costa Rica. Porém, é importante que vocês saibam que eu conheço pessoalmente essa Lamaseria. Já estive nela, em tempos passados. Existe ali um grande edifício, com imensos pátios, onde, separadamente, trabalham homens e mulheres. Não existem ali só mulheres tibetanas, mas também inglesas, francesas, alemãs e de outros países europeus. Conheço todos os exercícios que eles ensinam ali desde os antigos tempos.
As danças e seus torvelinhos aprendi com os derviches dançantes, e constituem um estudo mais avançado e reservado dos maometanos; a posição de joelhos faz parte da mística esotérica; quanto à postura da mesa, esta se encontra em Yucatán. Já sobre a posição que alguns denominam de “lagartixa”, que é um exercício formidável para se reduzir a barriga, está presente na Índia, como parte do Kundalini-Yoga, conhecida como Mayurasana.
[...]
fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/SociedadeSecreta/message/8567
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tiago Faria

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : Algarve;Lagoa;Ferragudo
Humor : SARCÁSTICO E SÁTIRO

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Seg Jul 18, 2011 10:42 am

Permitem que esclareça certos aspectos que estão rudemente por explicar pelo Carlos no âmbito científico.

Os Telómeros são fileiras de D.N.A(proteínas) que estão formadas nas extremidades dos cromossomas. A sua primordial função é a estabilidade estrutural dos cromossomas. Estes estão principalmnte presentes em celúlas eucarióticas(possuem núcleo genético), embora exista bactérias com o D.N.A linear com telómeros. Ora á medida que as nossas celúlas se dividem, os nossos telómeros são encurtados. Como estes não se regeneram, não permite mais a replicação dos cromossomas e com isso as celúlas perdem toltamente ou em certos casos a sua capacidade de divisão. Assim com o encurtamento dos telómeros ocorre a eliminação de genes indespensáveis á sobrevivência. Como o processo de renovação celular não tolera a morte das células antes da divisão correcta das mesmas, o organismo tende a morrer num curto prazo de tempo no momento em que seus telómeros se esgotam. Significa isso mesmo estamos a envelhecer e o nosso tempo de vida está acabar. Para os mais curiosos se quiserem fazer mais sobre a morte celular consultem o estudo do Limite de Hayflick.

Quanto ao estudo que o Carlos encontrou sobre a mutação da protéina "Lamin Â" se transforma em "Progeria", fico de explicar que isso acontece por causa da inibição da telomerase.

A Telomerase é uma enzima que vai actuar como um relógio ou um marcador, que vai indicar a inevitável senescência celular(envelhecimento). É muito importante esta enzima porque é um mecanismo reparador anti-envelhecimento e esta quando está a actua permite a permite a alta capacidade de divisões celulares por sucessivas mitoses. Sendo assim mantém os tecidos jovens e suprime os tumores e de cancros, que são consequência da má replicação de celúlas.

Relativamente á Imortalidade Biológica só será possível se elimimarmos e impedirmos as células de alcançar uma senescência.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Seg Jul 18, 2011 9:07 pm

Prezados amigos e confradesç
Quantas analises e informaçoes para um humilde e iniciante buscador da verdade como eu. Como falei vou colocar a minha opiniao tambem, é claro, mas antes gostaria de fazer algumas colocaçoes que talvez tenha ficado a dever na introduçao.
Primeiramente e para que o querido amigo Marcus nao me extranhe, gostaria de ressaltar que quando falei sobre a possibilidade da vida eterna ou da Imortalidade e separei fisica da alma, na realidade quis dizer sobre a possibilidade da imortalidade fisica porque para mim esta claro e sem duvida nenhuma sobre a REALIDADE da imortalidade da alma, entao a separaçao é meramente didatica.
Gostei da colocaçao do Carlos sobre vida estendida, pois é evidente que até uma pessoa com vida muito longa possa querer na sua ansia de conhecimento em alguma ocasiao trilhar outras mansoes da alma, e ai, pode querer ir embora. (Maha Samadhi)ou abandonar o corpo por vontade propria, ascender, transmutar, etc, etc, etc.
Pessoalmente sempre me considerei um buscador e um observador, lembro que quando criança o meu heroi preferido, nao era o Super-homem ou o batman era um heroi meio obscuro do universo de quadrinhos Marvel, chamado exatamente o observador, pois ele vivia como numa realidade extendida e era sómente um observador estudando (e muitas vezes ajudando, no anonimato) a raça humana.
Bem a conversa esta ótima e se os colegas quiserem, eu adoraria continuar com a discussao, fazendo algumas colocaçoes, que me passam pela mente.
-Para que viver eternamente (ou melhor vida estendida). Para continuar aprendendo, estudando, observando e principalmente ajudando e servindo aos irmaos (e acreditem isso alem de altruista pode ser muito interessante e divertido).
-E a evoluçao. E quem diz que nao podemos evoluir dentro da prpria vida (alias a vida é evoluçao).
-Mas a morte é a morte. Eu penso que toda morte é acidente ou doença, ou no maximo decisao propria (nao quero viver mais, a vida nao tem mais graça, etc, etc).
-Mas e os acidentes de aviao, os terremotos. Um imortal que se preze nao estaria nesse aviao, nao estaria no local desse terremoto, etc, avisado pela sua intuiçao afiada, sua alma, seu feling, etc, etc.
-Mas para que viver muito doente, fraco, velho. É dessa forma nem eu, mas um imortal que se preze, se conseguiu uma vida extendida já aprendeu como prolongar a vida num corpo sao, belo, e cheio de saude.
-Mas e meus entes queridos. Bom é quem disse que voce nao pode se comunicar ou encontrar com eles numa forma diferente de vida.
-Mas a vida estendidida nao é natural. Ah tá. Entao o natural é ficar velho, e enrugado, para mim nao, mas se voce decidir isso, é seu direito inalienavel, e eu respeito e defendo por toda a eternidade o teu direito de discordar (afinal eu tenho todo o tempo do mundo).
-Perguntas, perguntas, mais perguntas....
Entao compliquei muito ou podemos continuar. O que voces acham podemos continuar debatendo.
E para que nao fiquem duvidas. Sim eu acredito com toda a imortalidade da minha alma na possibilidade da vida eterna (ou estendidida). Sim eu sei que existem seres andando por este mundo de hoje, com vidas longas, muito longas e acreditem sao pessoas felizes, alegres, sempre dispostas a um sorriso e a ajudar a quem cruzar seu longo, longuissimo caminho. Sim acredito que existem forças na natureza que podem estender e muito a nossa vida. E sim vou continuar procurando e como diz a cançao eu sei muito mais que ontem, mas muito menos que amanha.
Boa noite amigos e confrades e que a LUZ esteja sempre conosco.
Rafael.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Seg Jul 18, 2011 9:33 pm

Estimados amigos.
A mensagem que enviei ficou muito longa e decidi colocar algumas referencias bibliograficas para quem quiser pesquisar.
Nas colocaçoes que o amigo Henrique colocou, faz referencia a um livro sobre os exercicios da lamaseria. Esses exercicios, sao derivados do Yoga Indu e da Yoga Tibetana. Existem tres tipos basicos de livros desses exercicios (embora tenham sido copiados para varias publicaçoes, muitas vezes sem os devidos creditos aos autores).
O primeiro e mais conhecido é o livro de Peter Kelder A Fonte da Juventude (livro I e livros II).
O segundo, e mais dificil de achar e o livro de Christopher S. Kilham, Os Cinco Tibetanos (este eu particularmente, acho mais interessante pois o autor ressalta a importancia dos diferentes tipos de respiraçao nos exercicios).
O terceiro tipo é o livro de Samael Aum Weor, A Fonte da Juventude (este fala dos mesmos exercicios, mas numa conotaçao mais explicita sobre a necessidade do controle sexual).
Finalmente tem tambem o curioso livro da Maruscha Magyarosy, A Meditaçao dos Cinco Tibetanos (falei curioso, porque aqui a autora prega fazer os exercicios somente mentalmente em posião de meditaçao).
Temos tambem varios livros de alguns autores que se autointitulam imortalistas como Leonard Orr, Sondra Ray, Lucia Goodman, e outros.
Existe tambem um romance espirita muito interessante chamado O Elixir da Imortalidade (curioso e interessante porque fala de um certo elixir que poderia prolongar (estender e vida), por muito tempo.
Nao falo aqui sobre os livros de Alquimia, classicos de Flamel, e outros pois nao sou a pessoa mais capacitada neste grupo a falar sobre eles, alem de que como meu bom amigo Carlos ja falou algumas vezes a linguagem alquimica é para muitos de nos muito fechada e incompreensivel.
Bem quem quiser pesquisar, tem material na internet tambem é só pesquisar.
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 3:16 am

Uma das coisas por que vale a pena ter uma vida estendida é poder apreciar as imagens que aparecem nesta página e tentar encontrar explica-las de forma lógica. Aqui aparece-nos a foto de um cão ( que é cadela) d um gato Alquimista,um vampiro um senhor com ar muito sério e um confrade que deve ser muito feio porque nem sequer se atreve a pôr imagem.

Assim de repente, quem por aqui passe fica com a impressão que este nosso Forum é uma câmara de horrores onde existem figuras de Alice no País das Maravilhas, gente apertadinha para ir à casa de banho, o Homem Invisivel, um cachorro dorminhoco e até o Conde Drácula.

Como hoje acordei com uma boa dose do meu humor negro decidi que ia brincar um pouco com os Avatares dos Confrades presentes. Somos mesmo uma Confraria bem bizarra. Eheheh

Quanto ao tema desta semana, tal como imaginei quando li a apresentação, despertou mais interesse do que o habitual. Iso é bom porque este vosso amigo estava a ficar cansado de carregar a Confraria nas costas para que não parasse. Vamos continuar este debate porque está a despertar reacções muito curiosas. Esperemos que as nossas Confrades nos deiam o previlégio da sua presença neste tópico... Se calhar não aparecem porque tem medo de tanta figura esquisita... Eheheh lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tiago Faria

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : Algarve;Lagoa;Ferragudo
Humor : SARCÁSTICO E SÁTIRO

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 6:59 am

OH seu clown gato bobo Pai Natal inculto lol! , é um actor de cinema Bradon Lee representando a sua personagem o "Corvo" geek . Realmente em si o tema desperta todo o interesse nas diversas áreas intervenientes, todos nós vamos contribuindo da melhor maneira possível estudando,pesquisando,consultando vamos aprendendo a pensar e analisar.


Como nada é Eterno, nada se perde e tudo se transforma, o conhecimento é poder...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 8:13 am

Eheheheheh. O cara com avatar vampiresco não gostou de ser comparado ao Conde Drácula. lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Henrique

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Porco
Localização : Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil
Humor : Agradecido sempre

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 9:30 am

Eu consegui achar rápido os livros do Peter Kelder para baixar mas encomendei eles por R$ 37,40 no Estante Virtual, os dois.

Agora o difícil no caso dos ritos é estabelecer a disciplina, acho que com o tempo a pessoa toma gosto pela coisa.

Eu comecei a praticar o Chi Kung mas por falta de um espaço adequado acabei parando, quero recomeçar quando puder.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 10:16 am

Fiquei sem perceber se o Confrade Henrique mudou de avatar ou se aproveitou a nova fotografia para fazer uma coisa feia com a mão... lol!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tiago Faria

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : Algarve;Lagoa;Ferragudo
Humor : SARCÁSTICO E SÁTIRO

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 2:07 pm

Eu percebi do Gato Bobo Pai Natal blábláblá whiskas blábláblá whikas blábláblá whikas lol! elephant
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tiago Faria

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : Algarve;Lagoa;Ferragudo
Humor : SARCÁSTICO E SÁTIRO

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 2:39 pm

Bem entre biólogos, cientistas , crentes religiosos, alquimistas e simples observadores numa coisa todos nós concordamos é de todo possível a extensão prolongada da vida humana.
Mas continuo disser que é improvável a dita imortalidade física tornar-se uma realidade, e que vai contra todas a leis da natureza e da própria evolução da éspecie. A Morte faz parte de qualquer vida, como dissem os nossos amigos budistas "Existe a A fundação do ciclo de reencarnações (samsara)".
Há um ciclo de nascimento, morte e renascimento e que o processo está de acordo com as qualidades das acções de uma pessoa.
Assim, quem deseja uma alma ou o ego (Atman) permanente é uma vitima da ignorância materialista. Forma e consciência são dois dos cinco skandhas, ou agregados de ignorância, o budismo ensina que a imortalidade física não é um caminho para a iluminação, nem uma meta atingível: mesmo os deuses que podem viver por eras, eventualmente, morrem. Após a iluminação, vem as sementes "kármicas" (sankharas ou sanskaras), isso esgota as reencarnações e as vidas futuras chegam ao fim. Após a morte biológica um "Arhat", ou Buda, entra em parinirvana, um estado eterno de felicidade transcendental.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 8:45 pm

Boa noite, meus amigos!
Pelo visto alem do interesse consegui trazer um pouco mais de bom humor, e o bom humor é privilegio dos deuses, alem dos homens. E olha que as vezes mordo os dedos para nao parecer muito sarcastico nas minhas colocaçoes, mas é que para mim como terapeuta naturalista o bom humor e o sorriso, são as medicinas da alma.
Mas vamos la continuando, pelo que consigo entender dos amigos, a possibilidade da vida estendida é possivel, (talvez nao ha imortalidade completa). Bom se a vida estendida é possivel, eu quero a minha super-hiper-mega estendida. Claro que quem a quiser nao tao longa, como sempre digo esta no seu divino direito e nao discuto.
Vamos ha um pouco de pratica, o que acham.
Nos meus estudos e pesquisas encontrei algumas tecnicas (umas mais simples e inocentes e outras mais complexas e até perigosas), para imortalid....(deixa eu morder o dedo que escreve),digo vida estendida.
Uma das mais simples e que aparecem muito é a respiração controlada e consciente (o Pranayama dos yogues, por exdemplo). Dentro das diversas tecnicas respiratorias temos tambem a circulação microcosmica do Chi Kung, que nada mais é do que inspirar conscientemente, puxando a respiração pelas costas, até o chakra da coroa e descer expirando pela frente até o ultimo chacra e fazer disto uma circulaçao. É importante que tanto a inspiraçao como a respiraçao se de exclusivamente pelas narinas e fechar o circuito colocando a ponta da lingua no ceu da boca.
Temos tambem a respiração de deus onde fazemos a inpiraçao com o som SO e a expiraçao com o som HAM (Dizem os yoguis que SO seria Deus e HAM seria eu sou, ou seja inspiramos SO (Deus) e expiramos HAM (eu sou), lindo não, adoro esta respiraçao, costumo recomendala a meus pacientes mais estressados e tem resultados muito bons.
Temos tambem a respiraçao de Babaji, que resumidamente seriam respiraçoes conectadas entre si (cuatro respiraçoes curtas e uma longa, por 4 perfazendo vinte respiraçoes conectadas).
Temos tambem a respiraçao solar, que basicamente seria conscientemente respirar a energia do sol (esta é mais controversa, mas nao confundir com o SunGazing, que é uma tecnica muito mais complexa e perigosa e só deve ser praticada com o auxilio de um guru gabaritado).
Temos ainda a respiraçao da tartaruga ou inversa, a respiraçao pelos chacras, a respiraçao da inversao magnetica, etc, etc, etc.
Bom isto por falar em somente un dos quatro elementos basicos, e sem contar o quinto elemento. Poderiamos falar tamem de tecnicas fisicas, como os proprios ritos tibetanos, o rodopio dos Derviches e a inversao polar, entre outras.
E evidentemente sem contar com o Elixir ou Pedra Filosofal, onde nao estou gabaritado para falar, mas que com certeza o Ormus é uma ponta do iceberg (mas uma ponta abençoada).
Entao cansei os confrades, ou temos folego para continuar, gostaria que os colegas comentassem, se quiserem, ou tambem podemos falar de algum outro elemento que contribue para a extensao da vida, o que acham (pergunta).
E para finalizar, nao coloquei o meu avatar por esquecimento mesmo, vou pensar em um. E já notaram que nao consigo escrever o sinal de interrogaçao no meu PC.
LUZ para todos nos,
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Tiago Faria

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Gato
Localização : Algarve;Lagoa;Ferragudo
Humor : SARCÁSTICO E SÁTIRO

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Ter Jul 19, 2011 10:27 pm

Como foi o camarada rafael que pediu mais um elemento para o bom perlongamento de vida...vamos mas é comemorar com vinho Very Happy What a Face

Vou falar de um fenol que se encontra principalmente nas uvas, ensencialmente na película da uva preta e no vinho tinto. Resveratrol (Fórmula química C14H12O3) é indicado por estudos que pode diminuir os níveis de lipoprotéinas de baixa densidade ou como é conhecido por "mau" colestrol LDL e aumentar os níveis de lipoproteínas de alta densidade, o "bom" colesterol HDL. Razão pela qual o "mau" colestrol em seu estado oxidado se acumula nas paredes do vasos sangueíneos formandos placas(ateromas). Isto pode levar a ocorrer ateroscleroses por obstrução dos vasos sangueíneos.

O Resveratrol favore o fígado a produção de HDL, reduz o LDL e vai ainda impedir a oxicidação do mesmo que estiver circundante. Reduz então o risco de doenças cardiovasculares, como o infarto do miocárdio.

Existem ainda estudos parecem indicar também um efeito benéfico do resveratrol na prevenção de cancros, pela sua capacidade de conter a proliferação de células tumorais, através da inibição da proteína NF Kappa B, está envolvida na regulação da proliferação celular.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Qua Jul 20, 2011 5:28 am

Porque o tema merece deixo aqui algumas considerações sobre a "Pedra filosofal".
A "Fonte da Vida Eterna", um dos nomes porque é conhecido o objecto da alquimia, é algo que existe na natureza, sendo portanto absolutamente natural. Porém, enquanto a natureza leva milhares de anos para produzir essa fonte da vida a partir de materiais impuros atravéz dos efeitos de calor e pressão, o Alquimista procura atingir o mesmo objectivo partindo de materiais mais elaborados, fornecendo mais calor e adicionando a sua própria energia a todo o processo de evolução. Assim temos que a Alquimia não é mais do que a arte de imitar de forma acelerada a natureza para dessa forma conseguir obter essa energia concentrada e purificada ao mais alto grau. Se reparar-mos bem veremos que essa energia existe naquilo que comemos ne tambemno ar que respiramos, por isso o que buscamos é obtê-la em forma purificada e concentrada.
Por instinto todos sabemos que comidas frescas são melhores que comidas enlatadas e comer frutos frescos é melhor que tomar vitaminas. Se comemos bons produtos ou se ingerimos comida meio estragada o que difere é o grau de pureza e concentração da energia vital.Do mesmo modo a respiração ritimada só nos beneficia por introduzir no nosso organismo mais energia. como respiramos mais concentramos mais e não se trata de obtermos mais oxigénio com esse exercicio. o que obtemos em maior quantidade de imenso beneficio para a vida são elementos Ormus no seu estado puro que, pese embora se encontrarem num estado de grande difusidade, são absorvidos em maior quantidade com certos exercicios respiratorios.

Acerca do Ormus e do seu lugar nos vários estágios necessários à obtenção da "Pedra Filosofal" deixo-vos esta parte de uma página do "Livro de Hermes".
Embora esteja bem clara para os iniciados na extração de Ormus é ainda assim um texto difícil para os não iniciados.

"Na sua forma inicial, ela( a pedra filosofal) aparece-nos como um corpo impuro, cheio de imperfeições. Tem portanto uma natureza terreal curando no entanto muitas doenças e feridas no corpo do homem, produzindo o bem e consumindo a carne orgulhosae putrefacta, expelido o cheiro nauzeabundo e curando por dentro e por fora. Na sua segunda natureza, ela aparece-nos como uma substancia aquosa, um pouco mais bonita do que antes, porque conquanto ainda contenha as suas imperfeições, a sua virtude já é maior.Já está mais próxima da verdade e por isso é mais efectiva na sua acção. Nesta forma cura gripes febres altas e tem acção específica em casos de venenos os quais são expelidos do coração e dos pulmões, curando doentes ou feridos e purificando o sangue sendo tomado três vezes ao dia."

Termino por hoje esclarecendo que Ormus é o segundo estágio de seis, a caminho da "Pedra Filosofal"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Qua Jul 20, 2011 9:06 pm

Prezados amigos e confrades, sou muito grato a todos pelas contribuiçoes que muito me ajudam a ter mais LUZ.
Gostaria de me juntar ao brinde do amigo Tiago com um brinde de um bom vinho tinto espanhol se possivel un Rioja de safra 2007, seria entao espetacular. Me lembro que numa das conversas com um amigo vegetariano convicto me disse que as uvas de cor escuras quando consumidas in natura e com as sementes, contribuem para o prolongamento da vida e ainda creio recordar que em algum dos foruns sobre Ormus se falou sobre fazer Ormus de suco de uva natural e o amigo Carlos lembrava que é nas sementes da uva onde se encontra a maior parte do Ormus desse fruto. Restame aqui uma pergunta se a maior parte do Ormus da uva esta na semente e considerando que um bom vinho é feito com a uva inteira ou seja incluindo as sementes e ainda considerando que um bom vinho passa por processos de certa forma alquimicos (trituraçao, fermentaçao, sedimentaçao, repouso, etc, etc), e ainda que os bons somelieres recomendam todo um cuidado com a conservaçao do vinho (barricas especiais, garrafas de cor escura guardadas em locais proprios ao abrigo das intemperies e sobre tudo no escuro), posso deduzir que um bom vinho de boa procedencia e conservado como mandam os experts teria en si um bom nivel de Ormus. Talvez o carlos possa esclarecer.
Ja sobre as colocaçoes do Carlos so me resta ler, houvir e aprender, mas ja que ele nos abriu a curiosidade e como me considero muito novato ainda para ir alem da segunda etapa (ormus), Me vem a curiosidade de qual seria a primeira etapa da pedra filosofal (ou seja antes do Ormus).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Qui Jul 21, 2011 3:38 am

No que respeita ao Ormus nas sementes, quero esclarecer que não é só nas sementes de uva preta que existe Ormus. Sendo o Ormus o agente facilitador da vida este tem de se encontrar, em maior ou menor concentração, em todas as sementesque produzem vida, incluindo no esperma humano. Sem a presença do Ormus a semente é estéril.
A razão porque todos os Ormunitas afirmam que Ormus existe em quantidade percentualmente superior na semente da uva preta está no facto de ter sido medida com instrumentação especializada por David Hudson, o grande redescobridor do Maná Biblico. Há no entanto uma relação com a cor que se torna evidente precisamente no estudo feito por D. Hudson. Verificou-se que há tanto mais ormus nas plantas,vegetais e frutos quanto mais escura for a sua cor e se o fruto,vegetal ou planta mantiver essa cor no seu cerne terá mais elementos Ormus do grupo Rodio, Rutenio e Ouro do que dos restantes elemento monoatomicos. É por essa razão que eu sempre recomendo que se comam com abundancia preferencialmente frutos e vegetais de cor entre o laranja e o roxo. Isto não significa que os frutos e vegetais de outras cores não sejam úteis, pelo contrário, o que acontece é que os de cor mais carregada são mais úteis para corrigir os excessos de alimentação errada praticada de forma generalizada por todo o mundo.

Tradicionalmente, o Alquimista começa a grande operação com com urina humana, preferencialmente com a sua propria urina, porque esta contém o sua mistura especifica de Ormus. Depois começa todo um processo de destilação em circuito fechado com o fim de destruir as impurezas transformando-as por efeito da destilação e pelo calor noutras substancias menos impuras. Nesta segunda fase o aspecto do material que se encontra na retorta já não é o de urina mas sim de uma mistura branca aquosa.

Com a técnica da extração de Ormus nós evitamos muito desse trabalho porque aquilo que extraimos já se encontra num estado um pouco mais puro podendo e devendo ser usado em grande quantidade no inicio da operação com a nossa urina. Dessa forma chegamos ao fim cerca de um ano antes do tempo normal que é de quase dois. Por outro lado o resultados do uso do Ormus são iguais aos dos da segunda fase da Pedra Filosofal tradicional. é por esta razão que afirmei que Ormus se encontra na segunda fase da Grande Operação.Aqueles de nós que consumam diáriamente Ormus estão em condições excelentes para destilar da sua urina um dragão vermelho de grande potencia e qualidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Qui Jul 21, 2011 9:33 pm

Prezados amigos e confrades
Tenho uma duvida, como fica a relaçao do sol com o Ormus e a pedra filosofal.
Pois pelo que li é melhor trabalhar a noite tanto com o Ormus quanto as outras operaçoes alquimicas, mas se temos Ormus em todo lugar onde ha vida, o sol tambem teria vida e Ormus, ou nao.
O sol contem Ormus ou afasta o Ormus, Confesso que estou confuso.
Rafael
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Sex Jul 22, 2011 3:50 am

Há de facto alguma confusão por detrás da questão do Confrade Rafael. Não se trata do Sol , propriamente dito, ser prejudicial ao Ormus. Trata-se sim de que a nossa Estrela emite feixes de energia de muitas intensidades vibratórias. Entre esses feixes de energia estão os que conhecemos pelo nome de Raios Ultravioletas e Fotões.

Os raios ultravioletas são os de maior energia vibratória e quando estas ondas de energia concentrada atingem os elementos em estado de alta rotação conseguem fazer com que estes reduzam muito essa rotação devido ao embate. Ao perderem rotação ficam ao nível vibracional dos outros atomos da mesma espécie e passam a poder juntar-se a estes quimicamente formando moléculas metálicas que como tal são tóxicas para o nosso organismo.

Os fotões interagem com o silicio para formarem correntes de energia electronica sendo este mineral usado extensivamente por essa razão na industria de celulas fotovoltaicas. Como é sabido, qualquer corrente eléctrica cria ao seu redor uma campo magnético e o Ormus é repelido por campos magnéticos. Como um dos veiculos que transportam os elementos que compõe o nosso Ormus é o Silicio, se expusermos o Ormus à luz solar estaremos a repelir a parte do Ormus que se encontra dentro das moléculas de Silicio, ficando assim com um Ormus mais pobre.

Quanto há possibilidade de existir vida no Sol, não tenho qualquer informação útil para dar mas a existir terá de ser substanciamente diferente da vida que conhecemos tanto na forma como no estado vibracional, pelo que não haverá grandes hipóteses de a podermos acessar, pelo menos enquanto formas de vida terrena.

Pensei que os aspectos referentes ao prejuizo que a exposição directe ao Sol provoca no Ormus já estavam bem claros mas se calhar falhei ao explicar este detalhe e daí nasceu esta dúvida. Como de certeza a falha foi minha aqui ficam as minhas desculpas aos confrades interessados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rafaeluroz

avatar

Localização : Sao Paulo (Brasil)

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Sex Jul 22, 2011 9:15 pm

Estimado amigo Carlos
As suas explicaçoes sao completas e claras, eu é que ainda nao tomei Ormus suficiente (rsrs), mas agora entendi perfeitamente.
Eu tambem nao me expliquei bem, quando falei sobre vida no sol, me referi a energia da vida ou seja se o proprio sol conteria em si algum tipo de Ormus e nao vida de algum tipo de ser humano ou extraterrestre.
As vezes penso que o conhecimento é um grande quebra cabeça e a medida que vamos tendo experiencias e contatos pela vida vamos completando esse quebra cabeça e as vezes a dadiva de acharmos uma peça só nos abre o panorama geral e---Eureka a LUZ se faz presente.
E entao amigos esgotamos o assunto, pois esta acabando a semana e eu continuo com mil perguntas estourando na mente.
Comentei sobre um dos elementos basicos do Universo o ar (respiraçao), mas e os outros....o fogo....a agua....a terra....o eter ou quintaessencia....na Vida Estendida.
O que acham vamos em frente até o novo tema se apresentar no domingo.
Abraços fraternais a todos
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Henrique

avatar

Zodíaco : Touro Horóscopo chinês : Porco
Localização : Viamão - Rio Grande do Sul - Brasil
Humor : Agradecido sempre

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Sab Jul 23, 2011 1:54 am

"E entao amigos esgotamos o assunto"

Não, Rafael, não é porque acabou a semana que o assunto esgotou. A proposta era começar um novo por semana mas discutir qualquer assunto já iniciado se houver interesse.

Quanto à vida no sol, eu sei que o seu enfoque não foi este mas eu já li teorias de haver vida sim e que haveria em todos os planetas, não necessariamente na dimensão tridimensional.

Já li o primeiro livro do Kelder, muito interessante, acabei lendo o ebook mesmo. Agora eu sei de onde saiu o texto que coloquei no fórum. Eu já pratiquei os ritos na minha adolescência, acho que está na hora de voltar. E você, pratica?

Abraços.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Carlos Ferreira

avatar

Zodíaco : Peixes Horóscopo chinês : Cachorro
Localização : Portugal

MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   Sab Jul 23, 2011 2:49 am

No fundo, a sabedoria é sempre a mesma muito embora nos apareça de forma diferente. Porém, porque as várias formas de chegar a essa sabedoria por vezes parecem não indicar concordancia entre si é vantajoso para o iniciado manter-se ligado só a uma das escolas até ter completamente entendido a sua essencia. Tentar em simultaneo várias práticas muitas vezes conduz-nos à confusão.
Muita luz a todos/as
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Possibilidade da Vida Eterna   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Possibilidade da Vida Eterna
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Vida Eterna citada no velho e no novo
» Examinai as Escrituras, vós cuidais ter nelas a vida eterna
» A VIDA E O CASTIGO ETERNO.
» Descobridor de Plutão fala sobre a possibilidade de vida fora da Terra.
» Os processos na vida dos crentes

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Sejam todos bem-vindos ao Conhecimento Provisório! :: Conhecimento Provisório :: Tema da semana-
Ir para: